Que jogadores da academia poderão espreitar por oportunidades?


10/07/2021 | Arsenal Portugal
Com a pré-temporada já em andamento, vamos tentar olhar para cada posição do plantel principal e tentar perceber e prever que jovens da academia poderão ser chamados neste verão a mostrar as suas credenciais em busca de uma oportunidade.

Guarda-Redes

Em termos de opções na equipa principal, o Arsenal está muito limitado atualmente. Bernd Leno está de férias depois da sua (não) participação no Euro-2020, Mat Ryan regressou ao Brighton após o empréstimo na segunda metade da temporada 2020/21 e Runar Alex Runarsson parece que estará de saída para a Turquia, apesar de ter iniciado os trabalhos com a equipa.

Isso deixa Dejan Iliev como opção mais experiente e Mikel Arteta terá de chamar guarda-redes da equipa de sub-23 para os primeiros jogos da pré-temporada, isto enquanto o clube está no mercado há procura de opções para a baliza e o futuro em torno de Leno é uma grande incerteza.

Os nomes mais prováveis a serem chamados pelo treinador espanhol são Arthur Okonkwo e Karl Hein - ambos jovens de enorme potencial. Okonkwo deverá ter prioridade na escolha depois de ter assinado esta semana a sua renovação de contrato com o clube. Os sinais que vai recebendo dos responsáveis do Arsenal são muito positivos e deverá ser já o titular na baliza no jogo da próxima terça-feira, frente ao Hibernian. Hein e Iliev deverão fazer companhia a Okonkwo na viagem até à Escócia.

Lateral-Esquerdo

Kieran Tierney continuará de férias por mais uns tempos (depois da sua participação no campeonato da Europa) e Sead Kolasinac deverá sair do Arsenal neste verão. Ainda assim o Arsenal já anunciou a contratação de Nuno Tavares e este já começará a trabalhar com o restante plantel. Assim, nestes primeiros tempos, e enquanto o bósnio não sair do Arsenal, Kolasinac e Tavares são as opções para a lateral-esquerda dos Gunners.

Tolaji Bola é a opção jovem com mais experiência para a posição, mas também este deverá sair permitindo que Joel Lopez suba na hierarquia atrás de Tierney e Tavares. O antigo lateral do Barcelona tem 19 anos e precisa de minutos, logo a opção mais realista para ele será o empréstimo. Ainda assim, enquanto Tierney não regressa e Tavares não se integra completamente na equipa, poderá ganhar minutos nestes primeiros jogos na viagem pela Escócia.

Defesa-Central

Apesar de à primeira vista parecer que temos muitos jogadores para esta posição, a realidade é que estamos curtos de opções. David Luiz terminou contrato e foi embora, Konstantinos Mavropanos saiu por empréstimo para o Stuttgart (e já não deverá regressar mais), Gabriel Magalhães foi chamado aos Jogos Olímpicos mas lesionou-se e William Saliba deverá sair por empréstimo novamente para França. Assim, as únicas alternativas que sobram do plantel sénior são Rob Holding e Pablo Marí.

Vai ser uma posição onde Mikel Arteta terá de ir academia buscar várias alternativas para colmatar as ausências. Omar Rekik, que este verão tornou-se internacional A pela Tunísia, será a principal aposta mas há mais nomes em cima da mesa. Zane Monlouis e Alex Kirk são dois miúdos conceituados na academia e deverão ter as suas oportunidades na equipa principal nesta pré-temporada.

Também há outros nomes que já trabalham com a equipa principal, como Jonathan Dinzeyi e Harry Clarke, mas ambos estão listados para empréstimo e poderão ter mais dificuldades em jogar neste verão de canhão ao peito.

Lateral-Direito

Infelizmente para os jovens do Arsenal, esta é uma posição que dificilmente permitirá a entrada de alguém. Caso Héctor Bellerín saia (e para já não há noticias do Arsenal estar sequer perto de fechar algum tipo de negócio com o espanhol), Arteta ainda tem Cédric Soares, Calum Chambers e, se quisermos incluir, Ainsley Maitland-Niles para ocupar a vaga. Para complicar ainda mais as contas de qualquer jovem, todos estão disponíveis no arranque dos trabalhos para a nova temporada.

Brooke Norton-Cuffy é um dos jovens mais talentosos da academia para a lateral-direita, mas não terá a sua oportunidade no plantel principal tão cedo porque ainda procura a sua afirmação na equipa de sub-23. Jordi Osei-Tutu, Zak Swanson e Ryan Alebiosu estão disponíveis para os trabalhos da equipa principal, mas deverão sair neste verão - Osei-Tutu a título definitivo enquanto os outros dois por empréstimo.

Tendo em conta a elevada ocupação desta posição, todos estes jovens deverão procurar as suas alternativas o quanto antes.

Meio-campo

A debandada do meio-campo já começou com Dani Ceballos, Martin Odegaard e Mattéo Guendouzi a serem saídas confirmadas. Granit Xhaka e Lucas Torreira são os próximos da lista e não deverão sequer trabalhar com a equipa na pré-temporada depois de terem estado ao serviços das suas seleções neste verão.

Isso deixa Thomas Partey e Mohamed Elneny como opções que transitam do ano passado, enquanto Ainsley Maitland-Niles e Joe Willock regressam de empréstimo. No meio-campo ofensivo, há Emile Smith Rowe. Só, Emile Smith Rowe.

Arteta deverá usar Willock num papel mais ofensivo caso seja necessário, mas a realidade é que o Arsenal tem apenas cinco jogadores (se quiser ser otimista) para três posições. Se, novamente num espírito otimista, ninguém sair, haverá possibilidade de jovens jogadores terem oportunidades.

Miguel Azeez será o nome em destaque a ser chamado mas deverá ser acompanhado por James Olayinka, que já sabe o que é trabalhar na pré-temporada com a equipa principal. Ben Cottrell poderá ser a alternativa a Emile Smith Rowe, embora este seja mais um nome que esteja na lista de empréstimos.

Charlie Patino e Catalin Cirjan são mais dois jovens promissores com a oportunidade de treinarem com o plantel principal, e caso conseguiam dar nas vistas perante Mikel Arteta, quem sabe não venham a ter minutos nesta pré-temporada.

Extremos

Mais uma posição em que o Arsenal está curto de opções. Bukayo Saka ainda está no campeonato da Europa na luta por vencer a final e Gabriel Martinelli foi chamado aos trabalhos da seleção olímpica brasileira que irá disputar os jogos de Tokyo. Reiss Nelson recusou a proposta de renovação e deverá sair, Willian parece que ainda não regressou das férias e Nicolas Pépé deverá ser a principal - e talvez única - opção de Arteta para o arranque dos trabalhos.

Kido Taylor-Hart é a principal opção jovem que poderá ser chamada por Arteta e deverá renovar contrato muito em breve com o Arsenal. George Lewis também poderá ter minutos enquanto não sai por empréstimo.

Outros jogadores com bastante talento e com possibilidades de jogar pela equipa principal no futuro são Omari Hutchinson e Marcelo Flores. No entanto, para já tal ainda poderá ser bastante cedo e deverão focar as suas atenções nos trabalhos da equipa de sub-23.

Avançados

Com Pierre-Emerick Aubameyang, Alexandre Lacazette, Eddie Nketiah e agora Folarin Balogun, fica difícil arranjar oportunidades para jovens. Nketiah, na mesma situação que Reiss Nelson, recusou renovar e deverá sair, abrindo as portas a Tyreece John-Jules para ocupar o seu lugar.

Nikolaj Moller é o outro avançado da equipa jovem - não há muitos - que pode estar próximo de trabalhar com o plantel principal, mas deverá estar listado para empréstimo e o seu futuro decidido em breve.
Que jogadores da academia poderão espreitar por oportunidades? Que jogadores da academia poderão espreitar por oportunidades? Reviewed by Arsenal Portugal on novembro 28, 2021 Rating: 5
Com tecnologia do Blogger.