Com tecnologia do Blogger.

A estátua que falta no Emirates



Foi David Dein, o homem que apresentou Arsène Wenger ao futebol inglês, que resumiu com a maior elegância as notícias que deram conta da saída do treinador francês do Arsenal. Para Dein, antigo vice-presidente do clube, foi como uma "estrela que desapareceu do céu".

Passaram dois anos que Arsène Wenger saiu do Arsenal e o treinador nunca mais regressou ao Emirates Stadium desde o seu último jogo. No entanto é errado assumir que o treinador terá cortado todos os laços com o clube onde passou quase um terço da sua vida.

Continuar a ler...

Sem comentários