Com tecnologia do Blogger.

Women: Manchester City 2-1 Arsenal



O Arsenal voltou a complicar a sua vida na FA Women's Super League depois de ter sido derrotado no último fim-de-semana por 2-1. As Gunners voltam a perder pontos contra uma equipa rival direta - já havia sido derrotadas pelo Chelsea em casa por 1-4 - e a revalidação do título fica agora complicado, num campeonato onde as três primeiras equipas perdem poucos pontos.


Arsenal: Zinsberger, Maier, Williamson, Schnaderbeck, McCabe, Nobbs, van de Donk, Roord, Evans, Mead, Miedema
Subs: Peyraud-Magnin, Mace, Quinn, Beattie, Filis, Grant

Manchester City: Roebuck, Stanway, Houghton, Bonner, Stokes, Scott, Weir, Walsh, Hemp, White, Bremer
Subs: Benameur, Fidalgo, Park, Coombs, Toland, Bissell, Wullaert


O primeiro golo do City chegou perto do intervalo, aos 43 minutos, através de um lance de bola parada. Caroline Weir bate o livre para o interior da área, a bola é disputada com confusão entre várias jogadores mas Pauline Bremer surge a desviar para o golo e a inaugurar o marcador.

O 2-0 surgiu abrir o segundo tempo, aos 49 minutos. Um grande cruzamento de Walsh para o segundo poste descobre Lauren Hemp completamente livre de marcação e a avançada inglesa do Manchester City faz um excelente cabeceamento para golo não dando qualquer hipótese a Manuela Zinsberger.

O único golo do Arsenal no jogo surgiu aos 58 minutos por Danielle van de Donk. Miedema conduziu a bola pela direita, cruzou rasteiro para Mead que rematou para defesa apertada de Roebuck. A guarda-redes do Manchester City não conseguiu segurar a bola e na recarga aparece van de Donk a rematar para o fundo da baliza.

As Gunners caem para o terceiro lugar da tabela com menos 3 pontos que Manchester City e menos 1 que Chelsea, que tem menos um jogo.

Sem comentários