Com tecnologia do Blogger.

Women: Arsenal 2-0 Lewes



O Arsenal segue em frente na quinta eliminatória da FA Cup depois de vencer a equipa de Lewes por 2-0. As Gunners tiveram mais dificuldades que o esperado mas os golos de Caitlin Foord, que se estreou a marcar pelas Gunners logo no seu primeiro jogo, e Danielle van de Donk garantiram a passagem aos quartos-de-final da competição.


Arsenal: Zinsberger, Maier, Quinn, Beattie, Schnaderbeck, Roord, Noobs, van de Donk, Grant, Foord, Filis
Subs: Peyraud-Magnin, Williamson, Evans, Dawbarn, Albuquerque, McCabe, Miedema

Lewes: Harris, O’Rourke, Hayes, Cleverley, Quayle, Savva, Noble, Leek, Rood, Jones, Winchester
Subs: Baker, King, Powell, Boswell, Donovan, Lane


Jogo em atraso da FA Cup devido ao mau tempo no último fim-de-semana. Joe Montemurro a fazer descansar várias titulares e incrivelmente a dar a titularidade a Danielle van de Donk que estava em risco de falhar a final da Continental Cup no próximo sábado caso visse amarelo neste jogo. Destaque também para a estreia de Caitlin Foord na equipa do Arsenal.

A primeira parte foi toda dominada pelo Arsenal, o Lewes não fez sequer um remate à baliza, mas o muito vento que se fazia sentir em Meadow Park condicionava o jogo das equipas. Ainda assim o primeiro lance de perigo das Gunners surgiu aos 11 minutos, quando Jordan Nobbs rematou cruzado fora da área mas a bola saiu ao lado do poste da baliza de Harris.

Aos 23 minutos novo lance de perigo para a nossa equipa. Grant rematou perigoso na direita para boa defesa de Harris.

Com 39 minutos de jogo o Arsenal fica muito perto do golo – melhor oportunidade da primeira parte – e Caitlin Foord muito perto de se estrear a marcar naquele que era o seu jogo de estreia pelas Gunners. Atraso de uma defesa do Lewes para a guarda-redes que apertada permite o remate da australiana ao poste da baliza.

O último lance de perigo do primeiro tempo foi já em cima do intervalo. Jordan Nobbs cruzou na direita e Louise Quinn na pequena-área remata à figura de Harris.

O nulo ao intervalo claramente penalizava o Arsenal.

Na segunda-parte, e como esperado, o Arsenal entrou melhor e logo com cinco minutos decorridos podia ter inaugurado o marcador. Nobbs serve já na área van de Donk que de frente para a baliza atira ao lado.

Tinha ficado o aviso e aos 53 minutos o Arsenal chega ao golo por Caitlin Foord. Jill Roord desmarca van de Donk na direita, a holandesa remata contra a guarda-redes do Everton e na recarga aparece Foord a inaugurar o marcador. 1-0 para as Gunners e estava desbloqueada a eliminatória.


Com Lisa Evans e Vivianne Miedema já em campo o Arsenal só voltou a criar perigo nos últimos vinte minutos apesar do domínio total. Jill Roord, aos 70’ marca um pontapé-de-canto para o segundo poste e Louise Quinn salta mais alto que toda a gente mas falha o alvo.

Aos 84 minutos o Arsenal chega ao 2-0 final num erro clamoroso da equipa do Lewes. A guarda-redes da equipa adversária marca mal o pontapé-de-baliza e permite a intercepção de Miedema. A holandesa serve van de Donk e a compatriota de frente para a baliza deserta só teve de encostar.


Ainda antes do apito final, já em tempo de compensação, mais uma excelente oportunidade para o Arsenal aumentar a vantagem mas desta vez desperdiçada por Miedema. Cruzamento na direita de Foord e a holandesa encostada ao poste falha a baliza por muito pouco.

Vitória tranquila, embora mais difícil do que esperado, mas que foi suficiente para o Arsenal seguir em frente na FA Cup.

Sem comentários