Com tecnologia do Blogger.

Arsenal 2-0 Manchester United - Ficha de Jogo



O Arsenal começou 2020 a vencer! Os Gunners derrotaram na noite desta quarta-feira o Manchester United naquela que foi a primeira vitória de Mikel Arteta enquanto treinador dos Gunners. Numa primeira parte de luxo, Nicolas Pépé e Sokratis fizeram os golos da vitória do Arsenal.


Arsenal: Leno, Maitland-Niles, Sokratis, Luíz, Kolasinac, Torreira, Xhaka, Pépé, Özil, Aubameyang, Lacazette
Subs: Martínez, Holding, Saka, Guendouzi, Ceballos, Willock, Nelson

Manchester United: De Gea, Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Shaw, Fred, Matic, James, Lingard, Rashford, Martial
Subs: Romero, Williams, Jones, Young, Pereira, Mata, Greenwood


Surpresa nas escolhas de Arteta para o jogo de ano novo contra o Manchester United. Sead Kolasinac, que aparentemente estava lesionado, surge a titular na lateral esquerda relegando Saka para o banco de suplentes. Também Sokratis e Xhaka recuperaram e substituíram Chambers e Guendouzi, respectivamente. Destaque também para o regresso de Nicolas Pépé à titularidade.

O Arsenal fez uma grande primeira parte, sem dar qualquer hipótese ao Manchester United. E a começou o jogo praticamente a vencer com o golo de Nicolas Pépé logo aos 8 minutos. Cruzamento de Kolasinac na linha de fundo, a bola bate num defesa do United e sobra para Pépé, que de frente para a baliza atirou a contar para o 1-0.


Aos 10 minutos o Arsenal ficou muito perto do 2-0. Grande trabalho individual de Pépé na direita, que partiu os rins a Shaw, e cruzamento para o segundo poste onde apareceu Aubameyang com um remate acrobático de primeira. No entanto a bola saiu por cima da baliza de De Gea passando o perigo.

Os Gunners foram dominando toda a primeira parte, sem permitir que o perigo chegasse à baliza de Bernd Leno, e ao mesmo tempo gerindo o esforço físico para a segunda parte. Só voltaram a criar perigo aos 32 minutos com duas ocasiões praticamente seguidas. Primeiro foi Lacazette, com um remate de trivela, a rematar ao lado da baliza e depois Torreira a rematar na zona de penalti mas a bola também passou muito perto do poste dos Red Devils.

Com 38 minutos Nicolas Pépé ficou muito próximo de bisar no encontro. Lacazette pressionou De Gea na saída de bola e o guarda-redes espanhol despachou atabalhoadamente para Pepé. O costa-marfinense do Arsenal tirou Matic da frente e rematou fora da área em arco mas a bola foi ao poste do Manchester United.

Foi por isso com naturalidade que o Arsenal chegou ao 2-0 ainda na primeira parte. Pontapé-de-canto marcado de forma tensa direto para a baliza por Nicolas Pépé, De Gea defende para a frente e Sokratis na recarga fuzila e aumenta a vantagem para o 2-0.


O Manchester United apenas chegou com perigo à baliza do Arsenal já em tempo de compensação, através de bola parada. Pontapé livre marcado por Fred para o interior da pequena-área e Maguire cabeceia à figura de Leno.

A vantagem do Arsenal ao intervalo era justa e animava o ambiente no Emirates. Mikel Arteta estava finalmente a colocar a equipa a jogar à bola como há muito não se via.

Na segunda-parte o Manchester United veio procurar diminuir a diferença no marcador mas o Arsenal foi dando conta do recado e segurando a equipa adversária, embora não atacasse tanto como no primeiro tempo.

Os Red Devils foram escassos a atacar e o principal lance de perigo surgiu apenas aos 59 minutos. Matic desmarcou Andreas Pereira mas o jogador do Manchester United rematou às malhas laterais da baliza de Leno.

O Arsenal respondeu à oportunidade anterior com o primeiro lance de perigo da segunda-parte. Bola recuperada por Lacazette para Özil e o playmaker alemão conduziu o perigo lançando Aubameyang na esquerda. O avançado gabonês tentou de seguida servir Lacazette à entrada da pequena-área mas o remate do avançado francês falhou o alvo.

Os jogadores do Arsenal começavam a dar sinais de fadiga e Arteta foi procurando refrescar a equipa, sem nunca querer perder a coesão defensiva que ia impedindo o Manchester United de criar perigo.

E aos 78 minutos o Arsenal ficou perto do terceiro golo do jogo. Aubameyang, bem individualmente, passou por três jogadores adversários, serviu Lacazette ainda fora da grande-área mas o remate do francês passou por cima do travessão de De Gea.

O Arsenal segurou sempre o jogo até ao fim e só em tempo de compensação os Red Devils voltaram a ter uma oportunidade para bisar a baliza de Leno. Pontapé-livre direto de zona central batido por Fred mas a bola nem perto da baliza passou.

O Arsenal conquistou assim três importantes pontos que vêm confirmar o bom trabalho que Arteta tem vindo a realizar desde que foi nomeado novo treinador do clube. Começamos o ano com uma vitória e que seja o tónico para a recuperação desejada na tabela classificativa.

Sem comentários