Com tecnologia do Blogger.

Özil desapontado com a falta de minutos



Mesut Özil disse que respeita totalmente a decisão de Unai Emery em escolher o onze que acha melhor para cada jogo, mas afirma também que está em forma e pronto para jogar.

O playmaker alemão não é opção para o treinador espanhol do Arsenal desde do jogo para a Carabao Cup a 24 de Setembro e Emery afirmou que outros jogadores merecem estar à frente de Özil no que toca à convocatória para os jogos. Ainda assim Özil acredita estar em forma e diz estar a fazer trabalho suplementar de forma a voltar a ganhar o seu lugar na equipa.

Quando questionado acerca de ter ficado de fora em vários jogos - como Standard Liége, Manchester United ou Bournemouth - disse: "É desapontante claro, mas sou um jogador profissional e tenho que respeitar as decisões do treinador. Não estar envolvido no jogo e ficar em casa a assistir faz-me sentir pouco produtivo."

"Quero fazer parte desta equipa e quero ajudar os meus colegas a terem sucesso. Não estou a treinar só para passar tempo, estou pronto e quero jogar."

"Não devemos andar a falar sobre mim ou sobre o treinador, apenas do clube. Tenho de dar tudo, estar em forma e focado, e estou a treinar bastante para estar apto."

"A pré-temporada estava a correr bastante bem e de repente foi interrompida pelo ataque [juntamente com Sead Kolasinac]. Desde aí tenho estado sempre apto fisicamente e quando o treinador me quis convocar estive sempre pronto, joguei e como sempre dei o meu melhor."

"Treinei sempre ao mesmo nível em toda a minha carreira mas como mais recentemente tenho tido poucos minutos, tenho-me preocupado em fazer trabalho suplementar com o preparador físico e também no ginásio de forma a estar mais em forma que o normal."

Assim Mesut Özil vem desmentir o treinador espanhol quando diz que ele devia descansar e mostra-se motivado para voltar a jogar pelo Arsenal. Esperemos que este regresse ao melhor nível de forma a ajudar a equipa a ganhar mais pontos na luta pelo top-4.

Sem comentários