Com tecnologia do Blogger.

Arsenal 1-0 Bournemouth - Ficha de Jogo



Resultado: Arsenal 1-0 Bournemouth
Competição: Premier League
Data: 6 Outubro 2019
Estádio: Emirates Stadium


LINE UPS

Arsenal: Leno, Chambers, Sokratis, Luiz, Kolasinac, Guendouzi, Xhaka, Pépé, Ceballos, Saka, Aubameyang
Subs: Martínez, Tierney, Holding, Torreira, Martinelli, Maitland-Niles, Willock

Bournemouth: Ramsdale, Stacey, Cook, Aké, Rico, H Wilson, Lerma, Billing, King, Solanke, C Wilson
Subs: Boruc, Francis, Kelly, Fraser, Cook, Surman, Danjuma


MATCH REPORT

O Arsenal subiu ao terceiro lugar da Premier League depois de vencer na tarde deste domingo o Bournemouth por 1-0. O único golo do jogo foi marcado por David Luiz aos 9 minutos.

O Arsenal entrou forte no jogo e logo aos 6 minutos deixou o primeiro sinal de perigo por Pierre-Emerick Aubameyang. O avançado do Arsenal rematou fora da área descaído para o lado esquerdo, mas viu os seus esforços a passarem ao lado do poste da baliza de Ramsdale.

Aos 9 minutos o Arsenal chega à vantagem no marcador, por David Luíz. Pontapé de canto na direita marcado por Nicolas Pépé para o centro da área e aparece o defesa brasileiro a saltar mais alto que toda a gente para inaugurar o marcador. Bom começo de jogo dos Gunners.



A resposta dos Cherries surgiu à passagem do minuto 17, também através de um lance de bola parada. Pontapé livre marcado por Diego Rico para o centro da área e Lerma antecipa-se a Sokratis e cabeceia ao lado da baliza de Bernd Leno.

Aos 19 minutos o Arsenal ficou perto de aumentar a vantagem para 2-0. Depois de um mau passe de Xhaka, Saka recuperou a bola perdida colocou em Pépé mas o extremo do Arsenal, num remate em arco à entrada da área, viu a bola a passar por cima da baliza do Bournemouth.

Com 23 minutos de jogo o VAR foi chamado a entrar em acção. Pépé caiu na área mas o video-árbitro ajuizou que o corte de bola e consequente derrube de Rico foi legal.

Até ao intervalo os Gunners continuaram a ser dominadores, mas sem nunca causar grande perigo junto à baliza dos Cherries. Por isso a vantagem pelo resultado mínimo no período de descanso era um resultado justo no marcador.

A segunda parte começou com uma excelente oportunidade para o Bournemouth. Calum Wilson conseguiu entrar pela área adentro mas no seu passe final para o golo apareceu Calum Chambers para cortar o lance e evitar assim o golo do empate.

Pouco depois Leno foi colocado à prova por Stacey. Harry Wilson lançou Stacey na área e o jogador do Bournemouth, praticamente sem ângulo e junto à linha de fundo, fez um remate que obrigou o guarda-redes do Arsenal a uma defesa apertada para canto.

O Bournemouth acabou por passar toda a segunda-parte por cima do Arsenal mas desta vez sem a nossa defesa cometer qualquer erro que pudesse permitir o golo adversário. O Arsenal só voltou a criar perigo aos 83 minutos, quando o remate de Martinelli passou por cima da baliza.

Já em período de descontos Aubameyang podia ter fechado a vantagem do Arsenal em 2-0 mas viu a bola a ir ao poste. Cruzamento de Chambers na direita para a entrada da pequena-área e apareceu o avançado gabonês para desviar, no entanto a bola a bater no ferro.

O Arsenal somou assim o segundo jogo na Premier League sem sofrer golos, algo que não acontecia desde a primeira jornada frente ao Newcastle. A equipa continua a jogar muito pouco internamente, mas com este resultado sobe ao terceiro lugar, ficando um ponto atrás do Manchester City.

Sem comentários