Com tecnologia do Blogger.

Manchester United 1-1 Arsenal - Ficha de Jogo



Resultado: Manchester United 1-1 Arsenal
Competição: Premier League
Data: 30 Setembro 2019
Estádio: Old Trafford


LINE UPS

Arsenal: Leno, Chambers, Sokratis, Luíz, Kolasinac, Torreira (55'), Xhaka, Guendouzi, Pépé (74'), Saka (80'), Aubameyang
Subs: Martínez, Holding, Ceballos (55'), Maitland-Niles, Martinelli, Willock (80'), Nelson (74')

Manchester United: De Gea, Young, Lindelöf, Maguire, Tuanzebe, McTominay, Pogba, Pereira (74'), Lingard (74'), James, Rashford
Subs: Romero, Rojo, Williams, Mata, Matic, Fred (74'), Greenwood (74')


MATCH REPORT

Tudo empatado em Old Trafford e divisão de pontos para ambas as equipas num jogo fraco e muito físico. A equipa da casa adiantou-se no marcador no final da primeira parte por McTominay, mas o inevitável Aubameyang deu o empate aos Gunners. Para este jogo Unai Emery voltou a deixar os médios criativos de fora - Ceballos no banco e Özil em Londres - e procurou sempre defender o empate em vez de procurar a vitória.

A primeira parte foi bastante fraca de parte a parte, com um jogo muito mastigado a meio-campo. A primeira ocasião de perigo surgiu apenas aos 29 minutos e foi para a equipa da casa. Andreas Pereira num remate à entrada da grande área obrigou Bernd Leno a uma defesa a dois tempos. Na resposta, no minuto seguinte, Nicolas Pépé de pé esquerdo atira a bola por cima da baliza de De Gea.

Aos 44 minutos o Arsenal desperdiça uma grande oportunidade para se colocar na frente do marcador. Contra-ataque lançado por Pépé para Saka e o jovem avançado do Arsenal remata rasteiro e cruzado obrigando De Gea numa defesa para a frente. Na recarga aparece Guendouzi mas o guarda-redes espanhol dos Red Devils defende para canto.

No minuto seguinte o Manchester United chega ao golo por McTominay. Contra-ataque rapidíssimo da equipa da casa que termina com um remate de fora da área por parte do escocês e deixa Bernd Leno pregado ao chão.

A vantagem da equipa da casa ao intervalo era injusta para aquilo que se tinha passado em campo.

Na segunda parte o Arsenal começou com uma boa oportunidade para empatar aos 52 minutos. Passe de Aubameyang na direita para a entrada da pequena-área mas Lucas Torreira não consegue rematar bem de primeira e permite a defesa de De Gea.

58 minutos de jogo o Arsenal consegue o empate pelo inevitável Aubameyang. A pressão de Pépé em Tuanzebe permite que o lateral do United faça um passe errada para Saka e este desmarca Aubameyang que tem uma excelente finalização na cara de De Gea. O jogo ficou parado por instantes porque o fiscal-de-linha tinha assinalado fora-de-jogo mas o VAR veio restabelecer justiça e validar o golo dos Gunners.

Aos 64 minutos o Manchester United volta a ficar perto de se estabelecer novamente em vantagem no marcador. Paul Pogba faz um grande remate fora da área mas a bola passa ao lado do poste da baliza de Leno. Pouco depois, na sequência de um pontapé-de-canto McTominay cabeceia por cima da baliza do Arsenal. Neste momento a nossa equipa estava encostada às cordas.

73 minutos e novamente grande oportunidade para a equipa da casa. Maguire num grande remate fora da área obriga a Leno a uma excelente defesa em voo.

O jogo acabou com uma grande oportunidade para cada equipa através de bola parada. Primeiro, aos 90 minutos, David Luíz comete uma falta à entrada da área proporcionando um livre perigoso para o Manchester United e depois, aos 94 minutos, Nelson é carregado no lado direito do ataque. No pontapé livre de Ceballos para a área a defesa contrária afasta o perigo.

Resultado justo tendo em conta aquilo que foi o jogo. Emery voltou a mostrar muito medo ao deixar os criativos de fora e com apostas duvidosas no onze titular.

Sem comentários