Com tecnologia do Blogger.

Aubameyang forçou a saída para o Arsenal



Pierre-Emerick Aubameyang teve um final de passagem conturbado pelo Borussia Dortmund de forma a forçar a sua saída para o Arsenal, segundo conta o seu antigo treinador na Bundesliga.

Peter Stoger assumiu o comando técnico do clube alemão em Dezembro de 2017 depois do despedimento de Peter Bosz, numa altura em que Aubameyang era muito associado em sair do clube na janela de transferências de Janeiro.

O avançado teve um inicio muito promissor na sua nova vida no norte de Londres, marcando 19 golos em 26 jogos apesar da transição do Arsenal de Arsène Wenger para Unai Emery. Stoger diz que sempre lutou para manter Aubameyang na Alemanha mas não conseguiu vencer essa batalha.

"Ele não me deixou outra opção", disse o treinador austríaco ao Sport Bild.

"Ele treinava bastante bem durante quatro dias por semana. Mas de forma a sublinhar o seu desejo de sair, falhava as reuniões da equipa antes dos jogos ou recusava-se a correr no final dos treinos."

"Fizemos o possível para o manter durante mais meio ano, mas o Auba não estava disposto a isso."

Aubameyang já havia sido associado a sair da Bundesliga antes de se mudar para os Gunners. Em 2015 foi muito ligado ao Real Madrid mas a transferência nunca acabou por acontecer. No ano seguinte acabou por realizar a sua melhor temporada, ao marcar 40 golos no total de todas as competições durante a temporada 2016/17.

O avançado internacional gabonês tem sido uma das peças fundamentais de Unai Emery neste início de nova era nos Gunners e leva já 7 golos marcados em 10 jogos realizados, colocando-o no topo da lista de melhores marcadores da Premier League desta temporada, ao lado de Eden Hazard do Chelsea.

"Pessoalmente sempre me dei bem como ele, embora me tenha dado dores de cabeça durante o tempo que o treinei", disse Peter Stoger que conduziu o Dortmund ao quarto lugar na Bundesliga.

"Mas o Auba fez questão de me pedir desculpa antes de sair para o Arsenal."

"Ele disse-me que o seu comportamento nada tinha haver com a minha pessoa e que sempre sentiu o meu apoio."

Aubameyang acabou por assinar pelo Arsenal em Janeiro passado e a partir daí catapultou os Gunners para um futebol ofensivo bastante forte, sendo a principal figura da frente de ataque de Unai Emery, juntamente com Alexandre Lacazette.

Sem comentários