Com tecnologia do Blogger.

Report: Arsenal 5-0 Burnley



Arsenal: Cech, Bellerín, Chambers, Mavropanos, Kolasinac, Iwobi, Xhaka, Wilshere, Mkhitaryan, Aubameyang, Lacazette
Subs: Ospina, Mertesacker, Mustafi, Monreal, Ramsey, Maitland-Niles, Welbeck

Burnley: Pope, Lowton, Long, Tarkowski, Ward, Lennon, Cork, Westwood, Gudmundsson, Hendrick, Barnes
Subs: Heaton, Bardsley, Taylor, Marney, Vokes, Wells, N'Koudou


Arsène Wenger e Per Mertesacker despediram-se hoje do relvado do Emirates com uma vitória por 5-0 frente ao Burnley.

Num dia muito emotivo no Emirates e depois de uma guarda de honra dos dois clubes e equipa de arbitragem a Arsène Wenger, o Arsenal chegou ao golo aos 14 minutos. Num cruzamento rasteiro de Alexandre Lacazette, o avançado gabonês apareceu na pequena área e só teve de desviar para o fundo da baliza do Burnley.

Ainda antes do intervalo o Arsenal conseguiu aumentar a vantagem para 2-0, desta vez por Lacazette a passe de Héctor Bellerín. Cruzamento da direita do lateral espanhol e à entrada da pequena área o avançado francês atirou de primeira para o 2-0 no marcador.

Depois do intervalo os jogadores vieram ainda mais motivados para dar uma boa despedida a Wenger e a Mertesacker e voltaram logo ameaçar aos 46 minutos por Jack Wilshere, com o inglês a atirar por cima da baliza do Burnley. No entanto o 3-0 haveria de aparecer 54' por Sead Kolasinac. Wilshere tirou Jack Cork da frente, servio o bósnio que à entrada da área fuzilou a baliza de Pope.

O Arsenal continuava endiabrado no jogo e fez o 4-0 por Alex Iwobi aos 64'. Aubameyang conduziu o ataque na esquerda serviu o nigeriano no centro da área, que de frente para a baliza não teve dificuldade em aumentar a vantagem.

O resultado final haveria de ficar definido aos 75' por Pierre-Emerick Aubameyang, com nova assistência de Héctor Bellerín. O lateral voltou a cruzar na direita e o avançado mostrou novamente um grande sentido de posicionamento e à entrada da pequena área fez o seu segundo golo do jogo (aí vão 8 golos em 11 jogos!).

Novo momento emotivo logo depois com a entrada de Per Mertesacker para o lugar de Calum Chambers. O Arsenal ainda podia ter aumentado, mas o míssil de Danny Welbeck parou no ferro de Nick Pope.

O Arsenal despediu-se assim do Emirates na temporada 2017/18 e mostrou que se conseguisse melhores resultados fora de casa, o lugar final no campeonato poderia ter sido outro. A equipa volta a entrar em campo na quarta-feira na deslocação ao terreno do Leicester City.

Sem comentários