Com tecnologia do Blogger.

Report: AC Milan 0-2 Arsenal



Arsenal: Ospina, Chambers, Mustafi, Koscielny, Kolasinac, Ramsey, Xhaka, Özil, Wilshere, Mkhitaryan, Welbeck
Subs: Cech, Holding, Maitland-Niles, Iwobi, Elneny, Nelson, Nketiah

AC Milan: Donnarumma, Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodríguez, Kessié, Biglia, Bonaventura, Suso, Çalhanoglu, Cutrone
Subs: Donnarumma, Zapata, Locatelli, Montolivo, Borini, Silva, Kalinic


Os Gunners deram um pontapé na crise de resultados ao ganharem por 0-2 em San Siro, naquela que foi a primeira derrota de 2018 do AC Milan.

O jogo, entre equipas com hábitos de Champions nas últimas décadas, começou muito mexido e com lances perigosos junto das duas balizas. Primeiro o Milan, depois o Arsenal estiveram próximos de marcar.

Seriam os londrinos a conseguir marcar, num excelente lance de Mkhitaryan pela esquerda, ainda que com a felicidade de o remate ter desviado num defesa contrário.

Uma felicidade que a equipa de Wenger fez por merecer a seguir, com uma exibição bem conseguida, que aniquilou a forma de atacar dos rosoneri e que se revelou letal quando Ramsey se isolou para fazer o segundo.

Na segunda parte, foi o Arsenal a estar mais perto do terceiro, com Welbeck por várias vezes a ter essa hipótese, isto diante de uma apatia italiana que só foi sacudida com a substituição de André Silva, que se mostrou muito ativo, só que numa altura em que a equipa já acusava desgaste e desânimo.

Dentro de uma semana, há a segunda-mão em Londres e a vantagem do Arsenal é bastante interessante.

O Arsenal vira atenções agora para domingo, para a recepção ao Watford no Emirates no próximo domingo às 13:30.

Sem comentários