Com tecnologia do Blogger.

Henry 'pisca o olho' ao lugar de Wenger



A pressão sobre Arsène Wenger atingiu um novo auge depois da derrota de ontem frente ao Manchester City por 0-3 na final da taça da liga no Wembley.

No final do jogo Thierry Henry foi questionado na Sky Sports sobre a possibilidade de ocupar o lugar do veterano treinador francês e a antiga lenda do clube não negou esse cenário, embora não se tenha alongado muito no tema devido ao seu trabalho na seleção da Bélgica.

"Ainda tenho trabalho para fazer na Bélgica, mas vamos ver o que acontece".

"Seria um sonho para mim, mas ainda estou na Bélgica. Interessado? Claro! Quem não estaria?"

"Mas não posso falar muito sobre isso por respeito ao homem que ainda está no cargo e devido ao meu trabalho a realizar na Bélgica".

"Mas claro, quem não estaria interessado?"

Existem rumores que o antigo avançado do Arsenal é a primeira opção de Josh Kroenke para substituir Wenger no cargo de treinador principal e o filho do dono do clube aparentemente pretende uma postura mais activa na gestão do Arsenal. Josh Kroenke está actualmente em Londres a analisar a forma como o clube é gerido e há rumores que a board do clube poderá sofrer mudanças no próximo verão.

Sem comentários