Com tecnologia do Blogger.

Report: Swansea 3-1 Arsenal



Arsenal: Cech, Bellerín, Koscielny, Mustafi, Monreal, Ramsey, Elneny, Xhaka, Özil, Iwobi, Lacazette
Subs: Ospina, Maitland-Niles, Chambers, Mkhitaryan, Kolasinac, Giroud, Nketiah

Swansea: Fabianski, Naughton, Van der Hoorn, Fernández, Mawson, Olsson, Dyer, Fer, Ki, Clucas, Ayew
Subs: Nordfeldt, Bartley, Carroll, Narsingh, Bony, Routledge, Abraham


O Arsenal saiu do País de Gales derrotado por 3-1, num jogo marcado pelos gritantes erros defensivos dos Gunners.

Nacho Monreal mostrou que está com a veia goleadora em alta e inaugurou o marcador aos 33 minutos a passe de Mesut Özil. No entanto o Swansea, que está em clara recuperação desde a chegada de Carlos Carvalhal ao comando técnico do clube, estabeleceu o empate logo um minuto depois por Sam Clucas.

A equipa da casa deu a volta ao marcador com uma grande ajuda de Petr Cech aos 61 minutos. O guarda-redes checo não conseguiu aliviar a bola em condições e Ayew aproveitou o desleixo do guardião do Arsenal para fazer o 2-1.

Wenger fez estrear Henrikh Mkhitaryan com a camisola do Arsenal lançando o arménio no jogo e depois colocou também Olivier Giroud, apesar de toda a especulação que existe em torno do seu futuro.

Mesmo assim foi o Swansea a dar o golpe final no jogo. Em mais um lance de passividade defensiva do Arsenal, Ayew entrou pela grande área adentro e Mustafi ao cortar a bola serviu Clucas que não desperdiçou e bisou no jogo, estabelecendo o resultado final em 3-1.

Agora prepara-se o encontro do próximo sábado, no Emirates, frente ao Everton, numa semana em que o mercado de transferências fecha e ainda existem muitas dúvidas em torno do plantel dos Gunners. Aubameyang deverá ser apresentado no decorrer desta quarta-feira, enquanto Giroud poderá estar por horas de sair do clube.


Melhor do Arsenal em campo: Mesut Özil (8.1/10)

Sem comentários