Com tecnologia do Blogger.

Report: Arsenal 4-1 Crystal Palace



Arsenal: Cech, Bellerín, Koscielny, Mustafi, Monreal, Wilshere, Elneny, Xhaka, Özil, Iwobi, Lacazette
Subs: Ospina, Chambers, Maitland-Niles, Mertesacker, Kolasinac, Nketiah, Nelson

Crystal Palace: Hennessey, Fosu-Mensah, Kelly, Tomkins, Aanholt, McArthur, Cabaye, Milivojević, Zaha, Sako, Benteke
Subs: Speroni, Delaney, Ward, Souaré, Riedewald, Townsend, Chung-yong


O Arsenal mostrou que há vida para além de Alexis Sanchez ao golear esta tarde o Crystal Palace por quatro bolas a uma. O avançado chileno ficou de fora devido aos exames médicos em Manchester, mas nem assim os Gunners perderam poder de fogo, pois aos 22 minutos já venciam por 4-0!

Com vários jogadores de volta, os Gunners iniciaram o jogo em grande forma e Nacho Monreal inaugurou o marcador logo aos seis minutos, ao responder de cabeça a um excelente canto de Granit Xhaka. O Crystal Palace ainda procurava entrar no jogo e logo a seguir Alex Iwobi aumenta a vantagem para 2-0, a passe de Monreal.

O defesa espanhol voltou a estar envolvido no terceiro golo do Arsenal ao assistir Laurent Koscielny. Novo pontapé de canto para os Gunners e desta vez Monreal em vez de cabecear decidiu passar para Koscielny, que à boca da baliza não desperdiçou.

A equipa do Crystal Palace estava completamente perdida em campo e aos 22 minutos os Gunners chegam ao 4-0 por Alexandre Lacazette. Numa excelente jogada de combinação entre Mesut Özil e Jack Wilshere, o playmaker alemão serve o avançado francês que atirou para o fundo da baliza.

Arsenal [4] - 0 C. Palace (4-1)

O único ponto negativo da primeira parte foi a lesão de Nacho Monreal, que saiu aos 34 minutos e estava ainda agora de regresso depois de quase um mês parado.

Petr Cech ainda fez uma boa defesa aos 44 minutos a remate de Zaha, mas o Palace só começou a criar perigo no segundo tempo, quando o nível exibicional do Arsenal baixou.

Christian Benteke ainda teve uma boa oportunidade, mas o guarda-redes do Arsenal saiu-se com uma excelente defesa, e o golo de consolação dos Eagles chegou aos 78 minutos por Luka Milivojevic. O Arsenal ainda teve oportunidades de aumentar a vantagem por Iwobi e Lacazette, mas Wayne Hennessey respondeu com boas defesas.

Esta foi a primeira vitória do Arsenal em 2018 e esperemos que seja moralizadora para o futuro próximo. Os últimos tempos têm sido marcados pela especulação à volta do plantel dos Gunners, mas felizmente isso não afectou a equipa. O grupo prepara agora o encontro de quarta-feira frente ao Chelsea, na segunda meia-final da taça da liga e que pode garantir a presença na final da competição.

Sem comentários