Com tecnologia do Blogger.

Report: Arsenal 1-0 Newcastle

 
Arsenal: Cech, Bellerín, Koscielny, Monreal, Maitland-Niles, Xhaka, Wilshere, Iwobi, Özil, Sanchez, Lacazette.
Subs: Ospina, Giroud, Chambers, Welbeck, Kolasinac, Coquelin e Elneny

Newcastle: Elliot, Yedlin, Lascelles, Lejeune, Manquillo, Murphy, Merino, Hayden, Atsu, Joselu, Ayoze Perez.
Subs: Darlow, Clark, Ritchie, Diamé, Aarons, Dummet, e Gayle.


Depois de três jogos consecutivos sem vencer para a Premier League, o Arsenal tinha a obrigação de perante os seus adeptos voltar aos triunfos. Para a partida no Emirates, Wenger procedeu a apenas uma alteração no onze inicial em relação ao empate forasteiro diante do West Ham, lançando Lacazette de início em detrimento de Giroud.

A primeira parte foi completamente dominada pelos Gunners, que conseguiram controlar o jogo em posse no meio campo adversário e não dar grandes hipóteses ao Newcastle de sair em contra-golpe. Após a criação de várias oportunidades, o golo acabou por surgir com alguma naturalidade, por intermédio de Ozil aos 23 min., com uma bela obra de arte que valeu no mínimo o bilhete.

Na segunda parte, o Arsenal entrou a ritmar mais lentamente o jogo e a fazer da posse a maior arma para a manutenção da vantagem, sem criar grandes chances para golo. Com a vantagem mínima a ser mantida, os Magpies tiveram motivos para acreditar pelo menos no empate, sendo que nos últimos 15 min o jogo se resumiu a bolas longas para o reduto defensivo londrino, ainda que sem sucesso.

Em suma, uma exibição forte e concisa na primeira parte e qb no segundo tempo, que deu para voltar aos bons resultados e ascender ao 4º lugar, à condição.

O próximo jogo do Arsenal está fixado para daqui a três dias, no qual vai reencontrar o West Ham, a contar para os quartos-de-final da Taça da Liga, sendo que para o campeonato entra em campo apenas dia 22 diante do Liverpool, novamente no Emirates.

Sem comentários