Com tecnologia do Blogger.

Wenger escapa a castigo



Arsène Wenger vai escapar 'à mão dura' da FA depois dos comentários que fez ao penalty ganho por Raheem Sterling, na derrota por 3-1 do fim-de-semana passado frente ao Manchester City.

O extremo inglês esteve envolvido no lance que deu a grande penalidade aos Citizens, depois de uma suposta falta de Nacho Monreal. Na marcação dessa grande penalidade, Sergio Aguero não deu hipóteses a Petr Cech e fez o 2-0.

O treinador francês discordou da decisão e pior ficou quando viu o adversário a fazer o terceiro golo numa situação de fora-de-jogo, desta vez por Gabriel Jesus.

Na flash-inteview após o jogo Wenger disse: "Acredito que não foi grande penalidade. Foi um lance provocado pelo Sterling. Sabemos que ele mergulha bem e ele fá-lo bastante bem".

"Aceitaria a vitória do City num dia normal, pois são uma boa equipa, mas o que aconteceu foi inaceitável", concluiu o treinador dos Gunners.

Estes comentários de Wenger poderiam-no deixar em maus lençóis com a federação inglesa, que não gosta muito de análises aos árbitros. Mas parece que o treinador não terá pisado o risco e livrou-se de um castigo.

A derrota do último domingo deixou o Arsenal no sexto lugar da liga, com 12 pontos de atraso relativamente aos líder Manchester City.

Sem comentários