Com tecnologia do Blogger.

Report: Burnley 0-1 Arsenal



O golo de Alexis Sanchez, na marcação de uma grande penalidade, garantiu a vitória e os três pontos ao Arsenal no difícil terreno do Burnley. Os Gunners voltam a vencer em Turf Moor graças a um golo já no tempo de compensação, depois da falta de James Tarkowski sobre Aaron Ramsey.

A melhor oportunidade do jogo para a equipa da casa foi protagonizada por Johann Gudmundsson, com um remate ao poste, enquanto o Arsenal teve várias oportunidades para marcar.

Os Gunners sobem assim ao quarto lugar da Premier League, ultrapassando o tottenham na classificação.


Arsenal: Cech, Koscielny, Mustafi, Monreal, Bellerín, Ramsey, Xhaka, Kolasinac, Iwobi, Sanchez, Lacazette
Subs: Ospina, Mertesacker, Maitland-Niles, Coquelin, Wilshere, Welbeck, Giroud


Burnley: Pope, Lowton, Tarkowski, Mee, Ward, Gudmundsson, Defour, Cork, Brady, Hendrick, Barnes
Subs: Lindegaard, Bardsley, Long, Westwood, Arfield, Wood, Vokes


A equipa da casa teve a primeira oportunidade do jogo, e a melhor que fez em todo o encontro, por Gudmundsson. O jogador do Burnley deixou Nacho Monreal para trás e rematou ao poste da baliza dos Gunners. Na repetição dá para ver que Petr Cech desvia a bola com as pontas dos dedos, o que acaba por ser uma excelente defesa do guardião checo.

O Arsenal acabou o primeiro tempo sem um remate à baliza, embora Aaron Rasmey tivesse uma oportunidade flagrante quando servido por Lacazette. No entanto o médio galês acabou por atirar disparatado por cima da baliza de Nick Pope.

Na primeira parte o Burnley ainda tentou chegar ao golo na marcação de um pontapé livre de Robbie Brady, mas novamente Petr Cech negou a oportunidade numa excelente defesa em voo.

No segundo tempo o Arsenal entrou mais dominante, mas apenas com a entrada de Jack Wilshere para o lugar do passivo Alex Iwobi é que as coisas mudaram de figura e a nossa equipa começou a chegar com perigo à área da equipa da casa.

Apesar do domínio os Gunners não conseguiam chegar ao golo e quando toda a gente já pensava que o jogo iria terminar empatado, Tarkowski empurra deliberadamente Ramsey e o senhor Lee Mason não teve dúvidas em assinalar grande penalidade. Alexis Sanchez pegou de imediato na bola para converter o castigo máximo e não desperdiçou, marcando o seu terceiro golo na Premier League 2017/18.

O Arsenal prepara agora o encontro a meio da semana frente ao Huddersfield em casa (quarta-feira às 19:45), em mais uma jornada da Premier League.


NÚMEROS

:: O Arsenal aumentou para 10 o número de jogos sem perder frente ao Burnley (7 vitórias e 3 empates);

:: Nos últimos 3 jogos para a Premier League em Turf Moor, os Gunners venceram todos pelo resultado de 1-0;

:: Nos últimos 3 encontros para a Premier League entre Arsenal e Burnley, o golo da vitória dos Gunners foi marcado em tempo de compensação. Para além disso, nos últimos 2 jogos, quem decidiu foi Alexis Sanchez de grande penalidade;

:: O Arsenal regressa assim ao top-4, que excluindo o mês de Agosto (inicio da competição) era algo que não acontecia desde Março deste ano;

:: Alexis Sanchez marcou 4 golos nos últimos 5 jogos frente ao Burnley. Apenas marcou mais contra Sunderland (6) e Hull City (7);

:: Das últimas 4 vitórias fora do Emirates por 1-0, 3 foram em Turf Moor;

Sem comentários