Com tecnologia do Blogger.

Manchester City 3-1 Arsenal: Ratings



Depois de uma derrota esclarecedora por 3-1 [pode ler o report aqui], as notas aos nossos jogadores não podem ser muito altas.

Melhor em campo: Alexandre Lacazette (6.6/10)

Petr Cech: 6.1/10
Fez boas defesas durante o jogo, mas podia ter feito mais no golo de De Bruyne. Nova grande penalidade contra o Arsenal que o guarda-redes checo não consegue defender.

Laurent Koscielny: 5.5/10
Teve sempre muitas dificuldades com os ataques adversários. Ia fazendo um auto-golo.

Francis Coquelin: 5.1/10
Muito nervoso durante os 56 minutos em campo, numa posição que lhe é estranha. Acabou por dar o seu lugar a Lacazette.

Nacho Monreal: 5.0/10
Envolvido no lance da grande penalidade que deu o 2-0 ao Manchester City, embora haja muitas dúvidas que tenha feito alguma falta sobre Sterling.

Héctor Bellerín: 5.5/10
Tentou criar jogadas rápidas no primeiro tempo, mas sem grande efeito.

Aaron Ramsey: 5.8/10
Esteve perto de igualar o jogo em cima do intervalo, mas Ederson não deixou. Assistiu Lacazette para o golo do Arsenal.

Granit Xhaka: 5.1/10
Notou-se que esteve em campo porque viu um cartão amarelo.

Sead Kolasinac: 5.3/10
Não foi o seu melhor dia desde que chegou ao Arsenal. Perdeu a bola no lance que deu o 1-0 ao Manchester City.

Mesut Özil: 5.3/10
Defender é mentira. Quase sempre parado nas transições ofensivas da equipa da casa. No entanto, aquando dos ataques do Arsenal, tentava lançar os seus companheiros em contra-ataque. Mais um jogo 'grande' que lhe passa ao lado.

Alex Iwobi: 5.5/10
Sempre que tinha a bola era rapidamente pressionado pelos adversários e tentava despachar o mais rápido possível. Muito nervoso.

Alexis Sanchez: 5.2/10
Muitas, muitas bolas perdidas.

Alexandre Lacazette: 6.6/10
Entrou e marcou. Era isso o que era pretendido e cumpriu. Porque não jogou de início? Perguntem ao treinador.

Jack Wilshere: 5.0/10
Não conseguiu trazer nada ao jogo

Olivier Giroud: 5.0/10
Não conseguiu trazer nada ao jogo.

1 comentário: