Com tecnologia do Blogger.

Report: Watford 2-1 Arsenal



A paragem no campeonato fez mal ao Arsenal, que foi hoje derrotado em Vicarage Road por 2-1 frente ao Watford. A nossa equipa até começou melhor ao adiantar-se no marcador por Per Mertesacker, mas no segundo tempo os golos de Troy Deeney e Tom Cleverey confirmaram a reviravolta no marcador.

Para este jogo Arsène Wenger voltou a fazer alterações no onze titular que havia derrotado o Brighton por 2-0. Na defesa entraram Laurent Koscielny e Per Mertesacker para os lugares de Rob Holding e Shkodran Mustafi. Já no meio campo Aaron Ramsey nem sequer foi convocado, entrando Mohamed Elneny para o seu lugar e Danny Welbeck recuperou de lesão e substituiu Alexis Sanchez.

A primeira parte foi bastante fraca, com poucas oportunidades de golo e talvez devido à falta de um organizador de jogo no meio-campo dos Gunners.

Surpreendentemente os homens de Arsène Wenger chegaram ao golo aos 38 minutos. Granit Xhaka bateu um pontapé de canto e, nas alturas, Mertesacker ganhou de cabeça a bola a um defesa rival e fuzilou o guarda-redes brasileiro do Watford, colocando o Arsenal em vantagem. Antes do intervalo, aos 42', o Arsenal esteve perto de aumentar a vantagem num remate perigoso de Granit Xhaka.

Na segunda parte o jogo ficou mais aberto. O Watford precisava do golo e partiu para o ataque, primeiro por Richarlison mas falhou o alvo. O Arsenal também teve uma boa oportunidade por Mesut Özil, mas não conseguiu ampliar o resultado depois de estar isolado frente ao guarda-redes do Watford.

Aos 71' o Watford conseguiu o empate. Richarlison atirou-se descaradamente para o chão na grande área e o árbitro decidiu marcar uma grande penalidade inexistente. Na cobrança, o Troy Deeney não deu hipóteses a Petr Cech (já defendeu alguma grande penalidade pelo Arsenal?), e estabeleceu o empate no jogo.

Aproveitando o embalo do golo, os comandados de Marco Silva foram para cima dos Gunners. Aos 82 minutos, Capoue atirou ao poste depois da bola desviar em Mertesacker, e quase conseguiu a "cambalhota" no marcador para a equipa da casa. Quando o empate parecia inevitável, veio o 2-1.

Aos 90'+1, Tom Cleverley aproveitou uma recarga e atirou para o fundo da baliza de Petr Cech.

O Arsenal não aproveitou assim a perda de pontos de Liverpool, Manchester United e Chelsea nesta jornada e atrasou-se ainda mais na corrida pelos primeiros lugares. Quinta-feira regressa a Liga Europa, com a nossa equipa a viajar até à Sérvia para defrontar o Estrela Vermelha de Belgrado.

1 comentário:

  1. arsenal todo ano mesma historia eh o clube mais regular do mundo

    ResponderEliminar