Com tecnologia do Blogger.

Arsenal 5-2 SL Benfica



O Arsenal não podia ter um melhor regresso a casa depois da tour de pré-temporada. Os Gunners receberam o Benfica no segundo jogo do dia da Emirates Cup e golearam os campeões portugueses por 5-2.

O Arsenal foi desde o início mais perigoso que o Benfica e logo aos três minutos esteve muito perto de marcar. Giroud servido por Walcott cabeceia na zona de grande penalidade e obrigou Júlio César a uma grande intervenção.

Ainda assim acabaria por ser o Benfica a chegar ao golo primeiro devido à falha da defesa inglesa. O Arsenal deu todo o tempo de mundo a Cervi para rematar e a bola tabelou nas pernas de Mertesacker, enganando David Ospina.

No entanto a superioridade londrina era mais do que evidente e o golo do empate acabou por surgir aos 23 minutos por Theo Walcott. Sead Kolasinac usou a sua grande capacidade física para ganhar a bola junto à linha de fundo, cruzou para a área e Walcott, de primeira, atirou para o fundo da baliza da equipa portuguesa.

Aos 26 minutos o Arsenal voltou a ter uma excelente oportunidade para marcar, mas não aproveitou o livre perigoso marcado à entrada da área do Benfica. Ainda assim pouco depois Walcott confirmava a cambalhota no marcador, a passe de Coquelin, para fazer o 2-1.

O Benfica acabaria por chegar ao empate ainda na primeira parte, devido a uma nova falha da defesa do Arsenal, principalmente por culpa de Per Mertesacker. Salvio aproveitou todo o espaço dado e fez o 2-2.

Apesar do domínio do Arsenal, o empate ao intervalo acabava por ser um resultado justo.

Na segunda parte a história foi completamente diferente. O Arsenal voltou a entrar forte mas desta vez a equipa portuguesa não teve argumentos para contrariar o poderio inglês.

Ainda com poucos minutos decorridos no segundo tempo, Walcott voltou a desequilibrar na área e rematou rasteiro para a baliza de Júlio César. No entanto a bola desviou na perna de Lisandro e enganou o guarda-redes brasileiro do Benfica.

Aos 63 minutos foi a vez de Giroud fazer o gosto ao pé e estabelecer o resultado em 4-2. Nelson (grande jogo do miúdo) tirou um cruzamento coast-to-coast e o avançado francês, embora pressionado, desviou de primeira para a baliza do Benfica.

O resultado final em 5-2 acabou por ser estabelecido por Alex Iwobi. Assistido por Giroud, o jovem nigeriano fuzilou a baliza do Benfica não dando qualquer hipótese de defesa a Júlio César.

Amanhã o Arsenal volta a entrar em campo para o último jogo desta Emirates Cup e da pré-temporada. O Sevilha é um adversário que poderá trazer mais dificuldades do que aquelas que foram hoje apresentadas pelo Benfica e será um verdadeiro teste para o jogo da Community Shield frente ao Chelsea.

Sem comentários