João Virgínia em entrevista


O Arsenal Portugal esteve à conversa com João Virgínia, guarda-redes da academia do Gunners.

Internacional português sub-17, João Virgínia está neste momento concentrado com a seleção no Rio de Janeiro, na preparação para os Jogos Olímpicos. O nosso guarda-redes faz parte do lote de três jogadores do Arsenal - para além de Serge Gnabry e Takuma Asano - que estarão em acção nos jogos do Rio.


Arsenal Portugal (AP): Olá João! Agradecemos a tua disponibilidade por concederes uma pequena entrevista ao nosso blog.
Quando ainda jogavas no SL Benfica, como viste o interesse do Arsenal em te contratar e o que te conveceu em mudares para Londres?

João Virgínia (JV): Vi o interesse do Arsenal com muito orgulho é sempre bom ter interesse de um dos melhores clubes do mundo! Foi o clube que me apresentou o melhor projeto para eu continuar a evoluir como jogador. A filosofia de trabalho no clube é potenciar jogadores para a primeira equipa e o ambiente no Training Center é muito positivo.

AP: Até agora, como tem sido a experiência de jogar ao serviço do Arsenal?
JV: Está a ser muito boa, tenho evoluído muito como jogador e como pessoa. O Arsenal acolheu-me muito bem, o que facilitou a minha adaptação. A maneira de jogar futebol do Arsenal é inteligente é espetacular.

AP: Quais foram os maiores obstáculos e dificuldades da mudança, numa idade tão jovem?
JV: Eu já estava habituado a viver fora de casa pois aos 11 anos saí para ir jogar para o Benfica. Por isso não foi muito difícil a mudança até porque o meu inglês já era bom, o que demorou mais tempo, foi ultrapassar a barreira linguística durante o jogo. Um guarda-redes necessita de comunicar bem com a sua defesa, para a organizar. No jogo as jogadas são muito rápidas e tenho que comunicar muito rápido.

AP: Estás a gostar da vida em Londres? E quais as maiores diferenças comparando com a vida em Portugal?
JV: Sim. Londres é uma cidade enorme e multi-cultural. Antes de ter vindo para o Arsenal nunca cá tinha vindo fiquei admirado com a cidade. As diferenças com Portugal é principalmente a quantidade de pessoas. Só Londres tem quase a mesma população que Portugal.

AP: Já tiveste contacto com algum membro da equipa principal?
JV: Sim, já treinei com a primeira equipa várias vezes e falo com o Petr Cech quando estou com ele.

AP: Onde te vês daqui a 5 anos?
JV: A jogar ao mais alto nível, na seleção e na Premier League.

Em nome do Arsenal Portugal agradecemos o teu tempo e esperamos que tenhas a melhor sorte do mundo, querendo-te ver no futuro a defender a nossa baliza no Emirates Stadium.

Por Ricardo Pires | 25.07.2016

1 comentário:

Com tecnologia do Blogger.